Conscientização Transformadora

 

img5

 

Textos Complementares

 

 

Texto 01 | Texto 02 | Texto 03 | Texto 04 | Texto 05 | Texto 06 | Texto 07
 

Texto 08 | Texto 09 | Texto 10 | Texto 11 | Texto 12 | Texto 13 | Texto 14
 



 

 Conforme o Delta-Larousse, "Consciência" é o "reconhecimento de algo exterior ou interior ao próprio eu". 

"Conscientização" seria então "a recondução à consciência de idéias ou tendências guardadas no inconsciente do indivíduo".

 

Segundo Marilyn Ferguson, autora do "The Brain Revolution", abordadas também em "A Conspiração Aquariana - Editora Record":

A autora sustenta que desde a década de 80, uma gigantesca transformação de mentalidades vem ocorrendo simultaneamente nas mais diferentes atividades humanas. Este sumário se detém nas passagens relacionadas aos movimentos sociais e ao mundo corporativo.

Uma revolução silenciosa, sem manifesto, com finalidades pragmáticas, (O verdadeiro é tido como o útil ou seja, o critério da verdade é auferido da utilidade prática de uma idéia), até científicas; ativistas fazendo diferentes tipos de indagações e desafiando o sistema de dentro para fora.

Uma nova ordem, uma integração experimentada por meio do processo transformador, diz que não deve haver uma separação entre o trabalho e o prazer, entre as convicções e a carreira, entre éticas pessoais e negócios.

Essa crescente rede de apoio - a própria "Consciência que Contagia" - encoraja o indivíduo no solitário empreendimento de mudar de emprego, começar um negócio, modificar a maneira de desempenhar uma profissão, revitalizar instituições.

É a revolução do "Faça você mesmo", mas não apenas a do "Faça por você mesmo".

Mais ampla do que uma reforma, mais profunda do que uma revolução, um movimento benigno a favor de uma “nova ordem” que deflagrou o mais rápido realinhamento cultural da história. A grande transformação, a mudança irrevogável que nos está empolgando. Não é um sistema político ou filosófico. È uma nova mentalidade – a ascensão de uma surpreendente visão de mundo que reúne a vanguarda da ciência e visões dos mais antigos pensamentos já registrados.

Quem são os Participantes?

Há participantes em todos os níveis de renda educação, dos mais humildes aos mais poderosos. Muitos são conhecidos em seus campos de trabalho e seus nomes podem ser familiares. Outros se mantém em silencio, acreditando que podem ser mais eficazes se não forem identificados com idéias que, com demasiada freqüência, tem sido mal interpretadas.

Ainda que esse movimento possa parecer romântico e ousado, veremos que ele evolui de uma seqüencia de eventos históricos que dificilmente poderia ter conduzido à outra coisa. E ela se expressa  nos profundos princípios da natureza, que somente agora estão sendo descritos e confirmados pela ciência. Em sua avaliação daquilo que é possível. É um movimento rigorosamente racional.

A Transformação da Sociedade

Essa nova consciência representa o que fazer. Temos que mergulhar no novo, sendo que somente o tradicional tem falhado. “Não podemos aguardar que os tempos modifiquem, sem que nós modifiquemos juntos. Nós somos o futuro. Nós somos a transformação.”

Os Novos Paradigmas

Novas perspectivas trazem à luz novas épocas históricas. A humanidade tem passado por inúmeras e dramáticas revoluções do conhecimento – grandes saltos, súbitas liberações de antigos limites.

A cada descoberta é descrita de modo adequado como uma mudança paradigmática, expressão introduzida por Thomas Kuhn, historiador e filósofo.

Um Paradigma é uma estrutura de pensamento, um esquema para a explicação e compreensão de certos aspectos da realidade. Uma mudança de paradigma em relação a velhos problemas é uma forma de pensamento inteiramente diferente.

Um novo paradigma implica um princípio que sempre existiu, mas do qual não nos apercebíamos. Ele aceita o que existia como verdade parcial, como um aspecto do modo como as coisas ocorrem, admitindo que outras ocorram também de forma diferente. Por sua perspectiva mais ampla, transforma o conhecimento tradicional e as novas e insistentes observações, reconciliando suas aparentes contradições. O novo paradigma é mais produtivo que o antigo. Prevê com mais precisão. Escancara portas e janelas às novas explorações.

O surgimento de um novo paradigma é estimulante pela reflexão. Não estávamos errados, e sim sendo parciais. Como se estivéssemos vendo por apenas uma perspectiva.

Não é de admirar que tais mudanças de percepção sejam experimentadas como reveladores, libertadores, unificadores e transformadores.

O que está Acontecendo Atualmente?

Pela primeira vez na História, a humanidade se defronta com o painel de controle da mudança – uma compreensão de como ocorre a transformação. Estamos vivendo a mudança da mudança, a época em que podemos nos alinhar com a natureza para uma rápida remodelação de nós mesmos.

O padrão da “Nova Consciência” vê a humanidade embutida na natureza. Ela promove a autonomia do indivíduo em uma sociedade descentralizada. Ela nos encara como os administradores de todos os recursos internos e externos. Ela declara que não somos vítimas e nem estamos limitados por condições ou condicionamentos.

Herdeiros de riquezas de mentalidades em transformação. Somos capazes de imaginar, inventar e fazer experiência que até agora apenas vislumbramos.

As Transformações dos Valores

Uma percepção maior poderá nos fazer ensejar uma nova apreciação das coisas simples. E a Qualidade se torna importante – a qualidade de vida de que tanto se fala. Quando o trabalho se torna compensador e não exatamente obrigatório, valores e prioridades são reordenados.

A Nova Consciência nos Negócios

Um número cada vez maior de grandes empresários está procurando anunciar uma nova perspectiva. Porque seu êxito depende de sua capacidade de perceber novas tendências e novas perspectivas.

As grandes organizações estão tomando conhecimento do valor da rede dessa nova consciência. Tais redes são poucos visíveis, embora muito de nosso futuro tenha origem nelas.

Um empreendimento consciente e criativo, possuindo uma confluência do trabalho: satisfação, objetivos socialmente construtivos e parcerias de pessoas afins.

Por outro lado, uma pessoa encontra uma vocação, que é um relacionamento transformador em marcha.

 

"A consciência é a estrutura das virtudes".

(Bacon)

Esta página contém 14 subpáginas